quarta-feira, 13 de maio de 2009

“Pura Loucura”

Me apaixonei por outra mais pura.
Vai embora, não te quero mais.
Acordar e senti la, e só me esquecer de você quando durmo
e ainda sim vens me visitar em pesadelos .
Agora chega, não te amo, vai embora, me deixe,
quero outra em seu lugar, você me enganou.
Tudo o que foi maravilhoso quando sonhava ter de você melhores dias,
não aconteceu!
O que aconteceu de melhor foi meus sonhos de um futuro
que hoje presente me decepciona com sua ética volúvel.
Você é cruel, trapaceira, injusta.
Vai embora e não volte mais,
quero outra em seu lugar.
Aparentemente mais feia, infinitamente mas pura,
me apaixonei por sua inocência eternamente virgem..
Não a tenho por completo,
mas sinto que esta cada a dia mais próxima.
Preciso te esquecer, ela não se casará comigo
se sentir você por perto.
Vai Senhora “Realidade”, não te quero mais.
Quero como companheira a mais bela e desejada inocência,
me casarei com a Senhorita “Loucura“.
Teremos como frutos, insanos devaneios.
Vai Realidade,não volte,não me lembrarei de você.
Em você sem saber, viverei com outra, a felicidade.
Sidney Caetano Filho.

4 comentários:

Lucimar Simon disse...

Muito bom, ser casado com a realidade e ficar a espreita da inocencia, mas nao esquecendo a loucura que nos movimenta e nos controla como diz o mesmo Raul Seixas, em dozes homeopaticas somos dopados por um mixto, um coquetel de sentimento, que sonolentamente, nos deixa em coma... mas estamos vivo e isso é tudo...

Amigo muito bom este texto. como sempre fiquei extasiado de ler este texto...

Abraço

Clarinhaaa disse...

Ser Puro. Ser humano.
A 'puresa' (me deu 5 segundos de não saber se é com 's' ou 'z', hihi faz parte).
A puresa são para poucos. è engraçado como nos identificamos. Imagino como esteja se sentido, ou por qual situação passou. Ou até mesmo, um pouco mais fundo, de seus sentimentos agora!
O que tenho a dizer? Escreva. Isso faz bem. Limpa a alma e vc deve saber isso melhor do que eu, né?

Ah. Hoje tenho várias coisas pra contar. (com um sorrisinho de lado)
Van Gogh esteve presente num post meu. =) reli o seu post passado. Gosto daqui.

Temos um grupo 'assíduo' (ai, to meio anlafabeta ortograficamente, rs) em nossos escritos. Meu ultimo post dedico a todos vcs!

beijos, um abraço beeeem apertado e um tim tim com uma taça de vinho ;)

Lu Nogfer disse...

Seja essa loucura pura ou mais feia pra alguns pra outros ate menos feia do que a realidade,a verdade é que todos um dia ja quiseram mergulhar numa doce loucura apenas pra esquecer a tal...a dura realidade!!
Magnífico!!Vc se supera a cada texto!!
Parabens!!

Beijo carinhoso!!

ivone fonseca disse...

Se eu não amasse a loucura não teria escolhido a psicologia como profissão.. amigo devo dizer q adorei esta sua reflexão entre a realidade e o insano e talvez seja bem assim, todos buncando por isto, viver esta loucura anseada em desespero.. precisamos dela.. e quem não vive? morre na penumbra de nunca ter "realmente" vivido.

texto incrivelmente delicioso..