sábado, 21 de agosto de 2010

Sem sentidos, nem palavras.

Tirei as algemas do silencio
Livre ele chega gritante aos ouvidos que gostam de me ouvir dizer, “te amo.”.
Quem consegue me ouvir, tem certeza que digo verdade.
Palavras presas em diário trancado, não ferem ouvidos de quem se ama.
Se não for digno das palavras que falo, que eu me cale.
E fiquei mudo

Tirei as algemas do silencio
Livre ele chega gritante em ouvidos que não me ouvem dizer te amo
Em vão busco ouvir as palavras que digo
Mas se eu não for digno de ouvir tais palavras, que eu não as ouça.
E fiquei surdo

Tirei as algemas do silêncio
Livre ele chega a quem amo a distancia e cujo toque não posso ter
E se dele não for digno, que eu não o tenha.
E perdi o tato

Tirei as algemas do silencio
Livre ele chega a quem não posso ver nem mesmo em fotografias.
E se minha imaginação não for capaz de me dar essas imagens
Se delas não for digno, que eu não as tenha.
E fiquei cego

Tirei as algemas do silêncio
Livre ele chega a todos os que quero conquistar
Mas se não for digno de companheiros em tal sentimento
Que eu não os tenha
E fiquei só

Livre o meu silencio chega a todos
Dentro de mim
O barulho infernal de palavras presas “eu te amo”
Solitário em silêncio, eu amo, eu amo.
Eu te amo

Sidney Caetano filho

3 comentários:

Valquíria Falcão disse...

Grite, fale, divulgue...mas nunca deixe sentimento algum oculto...o mundo seria muito melhor se as pessoas dizen-sem suas verdades...
Estava com saudades de ti meu querido amigo e de seus textos, seus gritos, seus amores...
Vê se não some mais...
Beijos doces, e tenha um ótimo domingo...

Clarinhaaa disse...

ÉÉÉEÉÉÉ...
o Amor (com A maiúsculo) é um sentimento puro e belo, e só quem os sente pode dizer o quão bem ele faz. O silêncio atrapalha, incomoda, mas só faz crescer ainda mais esse sentimento. O fôlego aumenta e as maneiras de dizer "eu te amo" se multiplica de uma maneira, que acabamos nos perdendo nas palavras.
Então, gosto da maneira onde duas pessoas se encontram num bar a meia luz, um jazz ao fundo. O drink chega a mesa sem ao menos ela esperar. Lá fora, a chuva chega sem perdão. E em segundos, o líquido toma conta de seu corpo e um pedido para dançar é feito. É ele. E dessa maneira o dia amanhece sem perceberem.

Beijos, eu amo vc!!!

Lu Nogfer disse...

Que bom lhe ver aqui!
Nao sei se serei sucinta pq esse é um assunto que mt me agrada!

Pois é:
vc tem demonstrado a mais linda e nítida forma de amar!Sempre te achei o maior exemplo de amor e vc sabe disso!E quem nao entender tao puro amor é por nao querer ser tao amado, com essa sua pureza e grandeza na alma!E quem nao iria querer?

Me lembrei daquela musica do Legiao que gostamos tanto!
Sabe qual né?
Entao vou deixar aqui uma parte que nao tem nela:

"E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência.E ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria."(Corin.13:2)

Voce ama da mais linda forma!
Tire as algemas do silencio,pois quem nao conseguir te ouvir nao é digno,e quem conseguir,sabe que vc diz a pura verdade.
TE AMO!

Beijos com carinho!