sábado, 7 de fevereiro de 2015

É só saudade
Que vazio ilumina me ?
Dançar,e em imaginação voar
É só saudade
Que vago imagino, ilumina me
Voar dançando no vazio
E sem asas pra voar, imagino
É só saudade
Sidney?
Hoje não!
É só um vago na
imaginação
Um vazio de luz
E saudade de dançar.

Zero glota

3 comentários:

Clarinha disse...

Meu Deus ! Não estou acreditandooooooo !
Você voltou ?
Vem escrever comigo...

Sua postagem caiu como Luva!
SAUDADEEEEEE

SAUDADE
das palavras, das vírgulas
do gosto e da imaginação

SAUDADE
das trocas, dos amores
da amizade e do coração

eeeeeiiiiiii
te mandei um email por esses dias !

Dê notícias.
pelo blog, pelo face, por fumaça !
mas dê!
Tô esperando!

Valquíria Falcão disse...

Oi lembra-se de mim??? É acho que não...Uma garotinha chata de um blog cheios de mimimi chamado Siplismente Eu....Bem estava em um momento de nostalgia relendo meus textos e vendo os comentários me lembrei de um tempo bom e de amigos queridos que fiz neste mundão de blog e um deles era você. Tive que pesquisar e ver se ainda tinha blog e olha só justo o texto que encontrei. Enfim saudades.

LUCIMAR SIMON disse...

Olá, olha aí a velha guarda retornando ao batente... Um abraço, bom ter essa renovidade...