sábado, 20 de dezembro de 2008

Surto

Surto
Me apaixonei,por seus olhares nunca me dirigidos,me apaixonei por sua voz que nunca ouvi,por seus risos visto a distância,pela macies de sua pele que não tateei por sua brilhante idéia,se teve alguma,me apaixonei. Por seus cabelos ,caras e bocas me apaixonei, por seu corpo escultural,como todos,também me apaixonei,por tudo que vi, e muito que imaginei, eu me apaixonei.
Paixão,desvirginou minha timidez.
Conhece la, 0bscessão, conquista la, meu sonho realizado então;
Seus olhares me seduziram,sua voz me enganou ,seu corpo me fartou.
Paixão se foi, amor não veio, vendas ao chão.
Sua voz profana o direito á palavra ,seus olhos só enxergam você,seu corpo esconde com
perfeição tal,você de si mesma , que só vê o que te mostra o espelho , não te conhece alem de sua vaidade . Conhece la decepção ,esquece la um sonho,que com tamanho trauma, não realizarei.

Sidney Caetano Filho

Nenhum comentário: