sexta-feira, 13 de março de 2009

"Alquimistas do amor"

Acho que entrou pelos poros sedentos,áridos,ou num olhar.
Segurança distraída,não notou o que o invadia,atingiu os vasos,
e de repente veias e artérias estavam a leva lo rumo a um coração duro,
tão somente uma bomba a pulsar,
sempre a explodir com as mais diversas fórmulas vindas do andar de cima,
onde seu dono um alquimista,ao cruzar com um olhar,
pois a misturar em seu laboratório,
substancias das quais muitas ninguém conhece.
O olhar que com ele cruzou,sentiu logo esta química,
e começou também uma desenfreada mistura,
alucinógenos como éter,eloquentes como clorofórmio,
doce como alfazema,no cheirinho dos adolescentes.
Lenços encharcados narinas secas,
lenços secos narinas molhadas.
No laboratório o frasco de um produto puro,
é tão simplesmente diluente para que se faça a mais desejada fórmula,
onde adrenalina misturada a hormônios juvenis e outros,paixão ,desejo,
ciume e tesão,a ele se dilua, dando a toda esta mistura o seu nome em vão!
Olhos nos olhos,o tempo passou,rotina,trabalho,
os alquimistas não procuraram manter a fórmula,agora acabou.
Como rápido vai embora o efeito desta droga juvenil,deixando marcas
e o inocente sentimento,de bons tempos,paz e amor.
Os alquimistas não sabem,como não sabem os adolescentes
o dano que a tão desejada química lhes causou .
Discutem o acontecido, falam do bem querer,
das preocupações que ambos tem e terão,um com o outro.
Toda química passou,serão “só” amigos,um diz para o outro,o amor acabou!
De toda esta mistura,sobrou somente o produto diluente,que na abstinência
de toda esta química,os ex “amantes” alquimistas sequer notaram ou notarão,
que este bem querer,este carinho,é o diluente que não evaporou;
Este produto chamado amor!
Lenços molhados narinas ressecadas,olhos secos retinas danificadas!
Sidney Caetano Filho
,

6 comentários:

Lucimar Simon disse...

A quimica do Amor, formula secreta aqui desmistificada e escondida por voce, um passo a direçao do "abismo", um passo a direçao de um "porto seguro", porem na duvida entre o abismo e o porto seguro, eu fico nesta plataforma chamada "desejo".

Otimo texto

Abraço

Lu Nogfer disse...

ALQUIMIA PERFEITA!!AMEI!
BOM FIM DE SMN!!
BEIJOS

Regilene disse...

Oi Sidney desculpa pelo atraso em comentar no teu espaço, sempre estou por aqui gosto de ler e sentir antes de deixar meu comentário coisas de poeta, mas tenho que te agradecer as palavras generosas que tem me deixado, são palavras que me estimulam a crescer e doar o meu melhor. Essa alma cheia de sentimentos que partilho não para me envaidecer, mas aprender junto com aqueles que têm a msm sensibilidade e por esse caminho tenho conquistado pessoas especiais como vc que me deixam honrada com sua presença, esse carinho que não tem preço e é único no meu coração. Obrigada!

Senti q vc é uma pessoa sensível que expõe do seu jeito os seus sentimentos... Parabéns pelos textos. A melhor forma de crescer a alma é não ter medo de se expor!

ivone fonseca disse...

Vc sempre doce e encantador, as vezes nossa ausencia não é sinonimo de desistencia ou desapego mas de reflexão para quem sabe arriscar um ponto na evolução... Adorei seu novo comentario me deu o gás q estava buscando ...
Qto a seu novo texto.. Fantastico... Penso q não é a alquimia ou a quimica é algo além.. muito além do doce e estreito caminho q muda os rumos de nossas vidas, rumos obscuros q só nos leva a uma certeza a mais incerta q na duvida devemos é nos arriscar.

Clarinhaaa disse...

Aiii..
sempre surpreendente e com palavras claras e objetivas...

toda vez... vc é assim sempre!?rs

beijos

Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny